Cachorro ficou mais de 100 dias desaparecido após fugir e emociona sua “Mãe Humana”

Cães dão, aos seus companheiros humanos, o amor incondicional e estão sempre lá, com um abanar da cauda incentivando quando eles precisam. O cão é realmente um animal muito especial. 

Os animais não são propriedade ou coisas, mas organismos vivos, sujeitos de uma vida, que merecem nossa compaixão, respeito, amizade e apoio. Aquele que não é capaz de amar um animal não é capaz de amar ninguém.

Tudo começou após uma pequena negligência durante as obras de reforma da casa.

O cãozinho fugiu, após um pequeno descuido em que o portão ficou aberto para entrada de materiais. Isso marcou o início de vários meses de intensa busca.

Em uma clara demonstração de amor incondicional, a jovem Sol Salum não hesitou em o que estava ao seu alcance para ver seu fiel companheiro Congo novamente.

O cachorrinho ficou desaparecido por mais de 100 dias e Sol contou a história em seu perfil no Facebook, que se tornou viral rapidamente  e cativou milhares de pessoas.

A angústia da jovem começou quando ela chegou em casa, na cidade de Bahía Blanca, Argentina. Sol recebeu a informação de que seu amado cachorrinho havia fugido, por descuido dos pedreiros que deixaram o portão aberto enquanto trabalhavam.

“Ele corre muito rápido, então eles não conseguiram pegá-lo. Quando cheguei em casa, o cachorro havia sumido”, disse a jovem ao Clarín.

A esperança é a ultima que morre

Sol não desistiu, imediatamente usou as redes sociais para compartilhar fotos do Congo, fez isso também com cartazes nas ruas. No entanto, com o passar dos dias, a busca foi em vão.

Mais de 100 dias se passaram até que Sol teve informações de um cachorro perdido vagava a 10 quilômetros de distância da sua casa.

Apesar de cansada, a menina decidiu ir até lá para verificar. De longe ela viu um cachorro muito parecido com Congo, seu fiel amigo de quatro patas.

“Gritei com ele: Congo! E ele se virou imediatamente. Lá ele veio correndo, fez até xixi em mim e lambeu meu rosto”, acrescentou. Era ele mesmo.

Graças a Deus que essa história, teve um final feliz. Que sejam felizes juntos, e que possam redobrar os cuidados, para que seu pet, não desapareça novamente!

E aconteceu de uma vez que eu sai, e não esperei que o portão estivesse completamente fechado, foi uma saída que eu voltaria rápido, quando eu voltei o portão estava levantado e as 3estavam deitadas dentro do pátio guarnecendo e protegendo a casa, amo muito os meus filhos de 4 patas.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário