Cachorra não se afasta do irmão por nada e consola o irmão quase cego em abrigo

Os animais não são propriedades ou coisas, mas organismos vivos, sujeitos a uma vida. Merecem a nossa compaixão, respeito, amizade e apoio. O amor por todas as criaturas vivas é o mais notável atributo do ser humano.

Os animais não são propriedades ou coisas, mas organismos vivos, sujeitos a uma vida. Merecem a nossa compaixão, respeito, amizade e apoio. Se você passar tempo com os animais, corre o risco de se tornar uma pessoa melhor.

Estes dois cães foram levados a um abrigo e a cachorra não deixa o irmão quase cego por nada no mundo. 

Pode-se dizer que Bella e Snowball, até então, haviam tido uma vida boa. Eles moravam com uma família regular e certamente acreditavam que nada poderia mudar essa realidade – até o dia em que foram levados ao canil.

A atitude é mais responsável do que o simples abandono, mas é triste e os efeitos finais são quase iguais. 

A rejeição 

A vida era tranquila para Bella e Snowball até o dia em que a família decidiu que não tinha mais tempo nem condições para cuidar dos dois cachorros.

Eles tiveram as coleiras de identificação retiradas e foram levados para o Carson Animal Shelter, na região metropolitana de Los Angeles (Califórnia, EUA). 

O socorrista que atendeu os cachorros ficou emocionado com a rejeição. Mais tarde, comentando o caso com repórteres da imprensa local, ele afirmou: “Foi algo muito triste de presenciar. Um abandono desnecessário, eu diria”. 

Cachorra consola o irmão quase cego em abrigo

Bella é uma cachorra da raça pastor alemão. Ela tem oito anos e já pode ser considerada um animal idoso.

Mas o chihuahua Snowball é ainda mais velho: ele já completou 13 anos e tem a visão bastante comprometida: ele perdeu um olho e é míope. 

A idade reduziu bastante as probabilidades de adoção. Os candidatos a tutores quase sempre dão preferência a animais jovens e saudáveis.

O futuro não parecia promissor para a dupla. Eles tinham perdido tudo, mas felizmente ainda tinham um ao outro. 

Os animais são confiáveis, cheios de amor, gratos e leais, regras difíceis para as pessoas seguirem. Assim como os seres humanos, os animais sentem fome, gostam de carinho e precisam de abrigo.

Primeiro era necessário civilizar o homem em seu relacionamento com o homem. Agora é necessário civilizar o homem em seu relacionamento com a natureza e os animais.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário