Rubble, O Gato Mais Velho Do Mundo Morre Aos 31 Anos

De todas as criaturas de Deus, somente uma não pode ser castigada. Essa é o gato. 

Gatos amam mais as pessoas do que elas permitiriam. Mas eles têm sabedoria suficiente para manter isso em segredo. Os gatos te fazem pensar que eles são durões e não precisam de ninguém. Mas tudo que eles querem é que você pense o contrário.

O gato mais velho do mundo morreu aos 31 anos. Rubble, o impressionante Maine Coon, foi dado à sua dona, Michele Heritage, como presente de aniversário de 20 anos, e estava com ela desde então.

Michele, 52, prestou homenagem ao seu amado companheiro, que se tornou o gato mais antigo conhecido no mundo após completar 31 anos. Isso dá quase 150 anos usando uma média para a idade humana!

O gato idoso era saudável, sem problemas de saúde conhecidos. O doce gato faleceu de velhice depois de ficar muito fraquinho.

Michele, de Exeter, disse que o moggy morreu antes de completar 32 anos.

“Ele completaria 32 anos esse ano. Ele foi um companheiro incrível com quem tive o prazer de conviver por tanto tempo”, disse Michele.

“Eu o ganhei pouco antes do meu aniversário de 20 anos, quando ele era um gatinho.”

Rubble Conseguiu Bater O Recorde Mais Antigo De Gatos Vivos, Anteriormente Detido Por Um Siamês Texano Chamado Scooter, Que Tinha 30 Anos Antes De Falecer Em 2016.

Tenho três paixões na vida: gatos, livros e árvores.

Os gatos me ensinaram a silenciar e meditar, os livros abriram minha mente e as árvores me ensinaram a “sentir” a dimensão do Cosmos e de mim mesma.

“Eu poderia viver sem muitas coisas neste mundo. Mas não poderia viver sem a delicadeza e sutileza dos gatos”

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário