Bebê impressiona médicos e familiares ao nascer com tanto cabelo que havia aparecido até mesmo no exame do ultrassom

A ultrassonografia ou ecografia é um método diagnóstico muito recorrente na medicina moderna que utiliza o eco gerado através de ondas ultrassônicas de alta frequência para visualizar, em tempo real, as estruturas internas do organismo. 

Fornece diagnóstico de imagens que complementa aquele feito com raios-X, medicina nuclear e ressonância magnética. 

Uma bebê surpreendeu sua mãe e os médicos e enfermeiros ao nascer com tanto cabelo que havia aparecido até mesmo no exame do ultrassom!

Quando estava com 34 semanas de gestação, a mamãe Alexandra Jechorek, 21 anos, levou um susto ao realizar seu exame de ultrassom.

Ela estava esperando uma menina que se chamaria Maya e ao ver o ultrassom da filha, se deparou com uma grossa mecha de cabelo!

“Nós já sabíamos que teríamos uma menina, então achamos que neste ultrassom de 34 semanas iríamos só ver o ganho de peso dela, essas coisas. Mas então nos deparamos com uma cabeleira. Eu não acreditei quando eu vi o ultrassom! Eu fiquei chocada, até porque meu filho mais velho nasceu careca, então eu não achava que bebês pudessem ter tanto cabelo!”, disse a mamãe de Dublin.

Quando a pequena Maya nasceu, em junho do ano passado, a imagem do ultrassom provou ser verdadeira.

“Quando eu vi aquela bebê com um cabelo enorme eu fiquei encantada! Ela já tinha tanto cabelo que já havia passado suas orelhas. Até os médicos e enfermeiros me disseram que nunca tinham visto um bebê tão cabeludo em todos os anos que haviam trabalhado em maternidades”, contou Alexandra.

Ao contrário de muitos bebês, o cabelo da pequena Maya não caiu nos meses após o parto. Muito pelo contrário, continuou crescendo!

A menina atualmente tem uma vasta cabeleira. “Eu nunca cortei o cabelo dela. Ela já tem um aninho e eu nunca cortei porque eu adoro essa cabeleira dela. A Maya ainda é super boazinha e me deixa ficar penteando, sem estresse!”, contou Alexandra.

A ultrassonografia é considerada uma modalidade de imageamento segura, contudo as ondas de ultrassom podem produzir efeitos biológicos no corpo. 

Estas ondas depositam energia nos tecidos conforme se propagam, energia essa que gera um aumento de temperatura nesses tecidos. 

Em alguns casos, esse aquecimento acaba produzindo pequenos bolsões de gás nos fluidos ou tecidos (cavitação), que podem colapsar gerando danos aos tecidos ou liberando radicais livres, que podem causar danos químicos a moléculas biológicas importantes, como o DNA.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário