O pobre cachorro de rua comeu pedras e gravetos para passar fome e sobreviver

Um cachorro é um amigo melhorado, porque ainda tem um pelo fofinho para acariciar. Sempre cuide bem dos cachorros! Eles são nossos melhores amigos e só querem carinho.

Nunca duvide do amor de um cachorro. Ele nasce com a missão de te acompanhar, de te amar. E o que ele pede de volta? Amor e comida... Nada mais justo né? 

Conheça Willow. O Husky Siberiano foi encontrado deitado ao lado de uma rodovia por dois bons samaritanos. Enquanto outros carros passavam, Mathieu Letourneau e Guillaume Lefevre pararam para ajudar Willow.

De início eles não conseguiram dizer se ele era um cão ou um lobo. O seu estado de saúde era tão deprimente que ele estava parecendo um animal selvagem totalmente desnutrido. 

O Resgate Do Husky Siberiano

Ao contrario do que ocorre com a maioria dos resgates de cães abandon4d0s, Willow não ofereceu nenhuma resistência. Ele simplesmente não tinha energia para oferecer uma leve mordida…

“Tudo o que tivemos que fazer foi nos aproximar dele e oferecer um pedaço de sanduíche. O pobre cachorro parecia estar implorando por ajuda”, disse um dos homens que participaram do resgate.

Após isso o pobre Husky entrou no carro e ficou quieto durante a viagem toda. Tudo indicava que ele estavas sofrendo com fortes dores. Então, decidiram leva-lo ao veterinário mais próximo.

A Surpresa Do Veterinário

De imediato o médico veterinário ficou muito surpreso com o estado do cachorro, ele estava muito magro.

Prosseguiu-se então com os exames físicos para tentar descobrir onde estava doendo. Não demorou muito para notar que a região abdominal do pobre animal estava muito inchada e dolorida.

“O médico veterinário decidiu fazer um exame de imagem e o que ele descobriu nos deixou realmente surpresos e tristes.”

O exame de imagem mostrou que o pobre cachorro estava com várias pedras e gravetos na região do estômago. Ele provavelmente fez isso para matar a sua fome.

“O doutor disse que nesse estado ele não teria mais 24 horas de vida se continuasse ab4nd0nado.”

O Dono Foi Descoberto

A comunidade se juntou e acabou descobrindo que era o dono do pobre animal. Trata-se de um estudante universitário de 29 anos. Ainda não se sabe se o cão fugiu ou se foi ab4nd0nado.

Meu cachorro é a melhor companhia que eu poderia querer! Mesmo sem falar, ele me entende melhor que qualquer pessoa. Poucas coisas na vida são melhores do que chegar em casa, após um dia cansativo, e ser recepcionado por esse lindão.

Um cão é um amor para a vida. Eles podem não durar vivos eternamente, mas o amor e a presença deles resistem para sempre. Um amor puro, sincero e de coração: é o que existe entre eu e o meu cachorro.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário